A história do alho em Capim Branco
A história do alho em Capim Branco 18/7/2019

“Oh, Capim Branco, terra risonha

Terra que sonha com alegria

Tua boa gente tem emoção No coração [...] ”

Como o próprio hino já diz, Capim Branco, é um lugar lindo, acolhedor, alegre e receptivo, além de possuir também, uma história marcante e importante para o nosso país.  Conhecido por muitos anos como “A terra do alho”, Capim Branco já foi um dos maiores municípios produtores de alho de todo o Brasil.

Por muito tempo, essa atividade alavancou intensamente a economia do município, abastecendo o mercado mineiro e outros estados, além de ter movimentado também o turismo da cidade com grandes eventos e manifestações culturais, como: a Festa do Alho e os bailes, que atraíam pessoas de todo o Brasil, tornando a cidade bastante conhecida.

Hoje a produção de alho em Capim Branco quase não existe, devido a uma doença que atingiu o município a alguns anos, conhecida como “Mofo Branco”, um fungo que contamina o solo e se mantém na terra por muitos anos.

Essa doença alcançou diversos produtores de alho da época, que se viram obrigados a encerrar suas produções e muitos deles sofrem ainda hoje com essa doença no solo. Por isso não é exagero dizer que o Mofo Branco é uma das piores doenças enfrentadas pelos produtores rurais.

Além disso, hoje a cidade enfrenta também uma grande concorrência na produção do alho, que é feita principalmente por grandes produtores no noroeste de Minas e grande parte do alho consumido em Minas e no Brasil é importado da Argentina e da China, por conta do baixo custo.

Atualmente o Município destaca-se fortemente por sua agricultura orgânica, que tem ganhado a cada dia, mais e mais espaço no mercado mineiro.

Para nós da Vista Alegre, a história da cidade permanece vivida em nossa fazenda e no nosso dia a dia. O Sô Nilo e o seu filho Marcone sócios da Vista Alegre, foram um dos primeiros comerciantes do Ceasa de Belo Horizonte desde a sua inauguração. E nessa época eles eram também um dos grandes produtores de alho atingidos pela doença do “Mofo Branco”.

Hoje, o Sô Nilo e o Marcone, estão retomando a produção de alho na Vista Alegre, buscando reviver a história do alho em Capim Branco, além de produzir de um produto natural, com qualidade, sabor e claro, todo o amor que eles têm pela terra.

Acesse o nosso site e conheça a nossa história e produtos.

Não há comentários para este post, seja o primeiro!
Nome
E-mail
Seu e-mail não será exibido.
Comentário
© Copyright 2019 | Vista Alegre | Alimentos Orgânicos - Todos os direitos reservados